Olhos Sanpaku: podemos prever a morte pelo olhar?

Compartilhe

Leonardo da Vinci disse uma vez: “Os olhos são a janela da alma.” A expressão do pintor italiano atravessa gerações, o que não é uma grande surpresa, tendo em vista que o olhar é um dos canais que o ser humano usa para expressar seus sentimentos. Mas, para alguns japoneses, os olhos carregam muito mais do que as emoções: por meio deles, é possível prever o destino de uma pessoa. 

Olhos Sanpaku

A lenda dos Olhos Sanpaku (do japonês, “três brancos”) alega que as pessoas que têm o branco dos olhos visível acima ou abaixo da íris possuem, para além da característica em comum, um desequilíbrio em sua natureza e uma maior probabilidade de terem – ou causarem – destinos trágicos. 

Michael Jackson e a Princesa Diana são os exemplos mais famosos de Olhos Sanpaku

 

A superstição se popularizou nos anos 90 e foi criada por George Ohsawa, conhecido por ser o criador da Dieta Macrobiótica. Ohsawa tem analisado, desde a década de 60, que algumas figuras famosas da história possuíam os Olhos Sanpaku e tiveram fins trágicos. É o caso de Michael Jackson e da princesa Diana, por exemplo.

Em 1965, Ohsawa publicou o livro “Sois todos Sanpaku”, no qual explica que os Olhos Sanpaku indicam que a pessoa tem um desequilíbrio emocional, espiritual, orgânico ou psicológico. Dessa forma, ela pode sofrer (ou causar) eventos trágicos durante a sua vida.

Os desafortunados e os causadores

Segundo Ohsawa, existem dois tipos de Olhos Sanpaku:

  • Sanpaku Yin: Quando o branco dos olhos é visto na parte inferior à íris. Isso quer dizer que a pessoa terá um destino trágico e sofrerá com os eventos externos à ela. Assim como o Rei do Pop e a princesa mais amada do Reino Unido, outros famosos Sanpaku Yin são: John F. Kennedy, Audrey Hepburn, Elvis Presley e John Lennon.
John F. Kennedy, Audrey Hepburn, Elvis Presley e John Lennon tinham olhos Sanpaku Yin (Fotos: Reprodução)

 

Todos eles tiveram uma morte traumática e são lembrados até hoje pelos seus fãs – e pelos que acreditam na teoria dos Olhos Sanpaku.

  • Sanpaku Yan: Quando o branco dos olhos é visível na parte superior à íris. Nesse caso, a pessoa tem a propensão de causar eventos trágicos na sociedade, devido ao seu comportamento agressivo, explosivo e impulsivo. É o caso, por exemplo, de Charles Manson, um dos serial killers mais famosos da história dos Estados Unidos e do mundo. Manson criou a própria seita e matou cerca de 7 pessoas de forma extremamente brutal no fim da década de 60.
O assassino Charles Manson é considerado um dos mais perigosos dos Estados Unidos (Fotos: Reprodução)

 

Em suma, as pessoas Sanpaku Yin (branco abaixo da íris) são as vítimas dos eventos trágicos do mundo exterior. Em contrapartida, as Sanpaku Yan (branco acima da íris) são as causadoras de tais acontecimentos, movidas por uma força interior. 

Não se esqueça: tudo não passa de uma superstição!

Caso você tenha ficado desesperado e corrido para o espelho na intenção de ver se seus olhos são Sanpaku, não se esqueça de que tudo não passa de uma lenda. Afinal, não existe nenhum fato científico comprovando a conexão entre a posição do branco dos olhos e os tristes destinos das celebridades analisadas por Ohsawa.

Ainda assim, a teoria é mundialmente conhecida e muitos acreditam fielmente no poder do olhar de prever os destinos. E aí, você já conhecia a lenda dos Olhos Sanpaku? Qual a sua opinião sobre ela? Deixe aqui nos comentários!

 

Comentários
Posts Relacionados