Chupa Cabra ataca novamente?

Compartilhe

Hoje, 22 de agosto, é o dia do Folclore brasileiro, ou seja, o dia de hoje é uma homenagem às raízes da nossa cultura atual e também é dia de relembrar todas aquelas histórias e mitos que a gente já ouviu pelo menos uma vez na escola ou até mesmo dos nossos avós, já que essas lendas sempre são transmitidas de geração para geração.

As lendas mais famosas do nosso folclore são o saci pererê, Iara mãe d’água, boto cor de rosa e várias outras que já devem ter vindo na sua cabeça, mas hoje vamos falar de uma criatura folclórica um pouco mais bizarra do que estamos acostumados a ver nas versões infantis do nosso folclore. Você já ouviu falar no Chupa Cabra? Ele também faz parte do folclore brasileiro, mas será que essa criatura só existe nos livrinhos de lendas do Brasil?

Chupa Cabra

A lenda do Chupa Cabra conta que a criatura é um animal muito esquisito que, segundo as histórias, seria bem peludo, alto, com dentes e garras afiadas e com espinhos nas costas, mas a sua principal característica é o seu modo de ataque, diferente das outras lendas do folclore que costuma assustar e atacar pessoas, o Chupa Cabra na verdade faz ataques violentos a animais rurais, afinal ele vive escondido em fazendas e florestas e pode até respirar debaixo d’água.

Inclusive, o nome de Chupa Cabra foi dado a besta justamente por conta dos seus ataques, já que nas histórias ele é quase como que um vampiro, ele mata os animais como bois, cabras, galinhas e etc, com mordidas no pescoço e sistematicamente esses bichos têm seus sangues drenados mas a carne nunca é comida, o que quer dizer que ele não mata para se alimentar da carne dos bichinhos, mas para beber o sangue e por lazer.

Porém toda essa história não é baseada somente em contos antigos, na verdade a existência real do Chupa Cabra tem sido estudada desde os anos 90, quando surgiram casos bizarros de vários animais mortos em fazendas exatamente com o padrão de ataque descrito acima, e até hoje isso ainda é um mistério mas tudo indica que a criatura vai muito além do nosso folclore.

Casos Reais

Um dos primeiros e maiores casos que envolvem um possível ataque de Chupa Cabra aconteceu nos 90, no interior de SP, quando muitas fazendas foram atacadas e seus animais, foram mortos e dissecados. Isso aconteceu na mesma época em várias pequenas cidades como Sorocaba, São Roque, Araçoiaba da Serra, Pereiras, Guapiara e Ribeirão Branco, o que tornou esse mistério ainda mais curioso, já que foi algo parecido com um “surto” de ataques.

Os moradores desses lugares diziam que os ataques aconteciam sempre durante a noite e eles automaticamente os ligaram a lenda do Chupa Cabra. Algumas pessoas chegaram a fazer armadilhas para capturar o bicho, porém sempre que anoitecia todos se escondiam com medo de acabarem dissecados como os pobres animais das fazendas.

chupa cabra

Os casos chegaram a polícia quando uma jovem de 14 anos disse ter visto uma criatura na estrada de Ibiúna com o seu tio. Eles procuraram a polícia contando que o animal tentou atacar o carro que eles estavam e além deles, um rapaz do sul de Minas Gerais contou que teve um confronto corporal  com uma criatura estranha, que seria o Chupa Cabra, e o rapaz saiu completando ferido e foi hospitalizado. 

Antes desse tipo de relato, os policiais consideraram que todas as mortes dos animais de pequeno a médio porte seriam culpa de cachorros selvagens, mas essa hipótese foi descartada, assim como qualquer outro tipo de predador natural também, por conta da violência, falta de sangue nos corpos e porque eles caçam para comer e esses corpos permaneciam intactos.

O retrato falado do Chupa Cabra foi feito por todos e existia muita semelhança entre todos eles. Apesar de todos esses indícios, ninguém chegou a nenhuma resposta e as pesquisas foram consideravelmente reduzidas pois os ataques nunca mais voltaram a acontecer, até agora….

Chupa Cabra é real?

O grande mistério que estava esquecido nos anos 90 ressurgiu esse ano com ataques bizarros. O primeiro caso do Chupa Cabra em 2020 aconteceu no mês de abril no México e a vítima da vez não foi nenhum animal, como de costume, mas dessa vez a criatura atacou e matou um taxista mexicano de 54 anos que foi encontrado com ferimentos muito graves e suas roupas despedaçadas. O prefeito da cidade disse que as características são de um ataque animal, sendo ele carnívoro e perigoso, e rapidamente a imprensa conectou a situação com a lenda do Chupa Cabra e deixou todos em pânico.

Um outro caso aconteceu aqui no Brasil e esse foi mais parecido com o padrão do Chupa Cabra nos anos 90. Ele aconteceu nesta quarta-feira (20/08), em Apiaí, no interior de São Paulo e o proprietário do rancho atacado contou que todas as cabras e gansos do local foram mortas da noite para o dia. Os bichinhos estavam espalhados por todo canto da fazendo e todos eles tinham apenas as marcas de mordidas no pescoço e sem sangue nenhum no corpo. Além dos animais, ele encontrou uma pegada enorme bem curiosa que aumentou ainda mais as supeitas de que o verdadeiro culpado disso tudo seria o folclórico Chupa Cabra.

pegada chupa cabra

Algumas hipóteses de ter sido um cachorro ou até mesmo uma onça já foram levantadas, mas por conta do tamanho da mordida essas duas opções já foram descartadas. Ainda não se sabe o que, além do Chupa Cabra, pode ter causado todas essas mortes, mas tudo indica que a história que conhecemos a tanto tempo pode ser mais perigosa do que imaginamos.

Comentários
Posts Relacionados