Como surgiu o Dia dos Namorados?

Compartilhe

Nos Estados Unidos e na Europa, o Dia dos Namorados é comemorado em 14 de fevereiro – Dia de São Valentim. Aqui, no Brasil, no entanto, os apaixonados celebram o romance em 12 de junho. Você já pensou para pensar no por quê?

Gosta de curiosidades? Não deixe de ler sobre como surgiu a Parada do Orgulho LGBTQIA+, que também acontece neste mês.

Foto: Freepik

A ideia de criar a comemoração no nosso país veio do publicitário João Dória – pai do governador de São Paulo, João Dória Jr. Na década de 1940, ele foi contratado por uma loja que tinha o objetivo de melhorar o resultado das vendas em junho, que eram muito fracas.

Inspirado pelo Dia das Mães, Dória pensou em uma outra data para trocar presentes – o Dia dos Namorados. O mês foi escolhido justamente por causa do desaquecimento do comércio. Já o dia 12 ficou marcado por ser véspera da celebração de Santo Antônio – famoso no Brasil por ser o santo casamenteiro.

Assim, João Dória criou a primeira propaganda que instituiria a data por aqui. “Não é só com beijos que se prova o amor!”, afirmava um slogan do primeiro Dia dos Namorados brasileiro. “Não se esqueçam: amor com amor se paga”, dizia outro.

Foto: Reprodução

A ideia foi julgada como a melhor do ano pela Associação Paulista de Propaganda na época. Em seguida, a data começou a “pegar” no país no ano seguinte. Depois, a comemoração atingiu o nível nacional.

Atualmente, o Dia dos Namorados é a terceira melhor data para as vendas – atrás apenas do Natal e do Dia das Mães. Estima-se que o faturamento anual chega perto de R$ 1,5 bilhão.

Fonte: BBC

Agora, conta pra gente: você sabia que o Dia dos Namorados surgiu como uma data comercial?

Comentários
Posts Relacionados