Disney+ pode ser adiado no BR

Compartilhe

A Disney Plus, plataforma de streaming da Disney que já foi disponibilizada em vários outros países está pra chegar aqui no Brasil e promete trazer muito conteúdo incrível pra gente. Todas as produções da Walt Disney  Studios e da Pixar, dos clássicos até os mais modernos devem estar inclusos nessa lista acompanhados de filmes e séries da Marvel, a saga completa de Star Wars e todas as outras produções da LucasFilm, como por exemplo Indiana Jones e até mesmo Os Simpsons e materiais do canal National Geographic que pertenciam à FOX Channel estão confirmados.

Disney+

Conteúdos

A plataforma de streaming tem deixado todos com uma expectativa muito grande, inclusive a dos brasileiros, já que os planos para a produção de conteúdos exclusivos já foram publicados e isso se refere tanta a Walt Disney Studios, quanto a Marvel Studios que já confirmou a produção de várias séries interessantes para os fãs, confira:

  • She Hulk
  • Falcão e Soldado Invernal
  • Wanda Vision
  • Mrs. Marvel
  • Cavaleiro da Lua
  • Gavião Arqueiro
  • What If…?
  • Loki2
  • Marvel’s 616

Todas ela já tem gerado muitas especulações em meio ao grande público desse meio e a série Marvel Storyboards (Marvel em quadrinhos) que também estava dentro dessa lista de conteúdos exclusivos da Disney+, foi lançada não só no streaming mas também no canal do youtube oficial da marvel no dia 23 deste mês. Ela mostra de onde vieram as inspirações para a criação de cada personagem do universo marvel e a trajetória de todos eles, o que faz com que a curiosidade sobre o que está por vir seja ainda maior. 

Confira o trailer da nova série gratuita da Marvel:

A Walt Disney Studios por sua vez, também garantiu que novidade virão por aí e irão agradar não só o público infantil mas a família toda. Segundo eles, serão lançadas algumas séries próprias de Os Muppets e de Toy Story, que deve ser protagonizada por Garfinho e Betty (presentes no último filme da saga infantil). Além disso também foi confirmada a produção de uma live action para o clássico de todos os tempos: A Dama e o Vagabundo. Outro motivo para tanta expectativa é a data de lançamento, já que a plataforma já foi lançada nos Estados Unidos desde o ano passado e além de nós, mais outros dez países aguardam a inauguração desse streaming, como Portugal, Bélgica, Finlândia etc. A data prevista para a liberação no Brasil é a última de todo o mundo e está programada para acontecer em novembro deste ano.

Lançamento Disney+

Apesar da data de lançamento no Brasil estar prevista somente para novembro, um imprevisto ligado a legislação da ANCINE e da ANATEL e a empresa de telecomunicação Claro, surgiu em meio a esse processo e pode acabar atrasando ainda mais essa liberação.

Isso porque a Claro está contestando a entrada da Disney+ no país com base na Lei da TV Paga da ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) que foi regulamentada em junho e passou a vigorar em setembro de 2019 e garante “…a presença de mais conteúdos nacionais e independentes nos canais de TV por assinatura, a diversificação da produção e a articulação das empresas brasileiras…”. Sendo assim, é obrigatório que os canais de TV por assinatura tenham uma quantidade mínima de conteúdos e produções nacionais para poder circular no Brasil.

Interface

A questão é que essa lei foi criada para canais por assinatura e determina a quantidade mínima de conteúdos nacionais de acordo com a programação semanal da televisão, então não teria como se encaixar a plataformas de streaming com conteúdo por demanda já que não é possível usar a mesma base de cálculo para definir esse mínimo. No ano passado já havia sido levantada a questão da  lei se aplicar ou não aos streamings, como Netflix e Amazon Prime, mas foi decidido que seriam definidas outras regulações específicas para conteúdos On Demand.

A Disney+ já está pronto para ser disponibilizada na data marcada, dia 10 de novembro deste ano, porém isso depende diretamente da decisão da ANCINE sobre o caso. A votação para permitir ou não será feita ainda no mês de agosto.Agora o que nos resta é esperar para ver o resultado disso tudo. No site oficial é possivel fazer um cadastro para receber noticias em primeira mão sobre o lançamento do streaming.

Concorrência de Streaming

Atualmente existem muitos serviços de streaming disponibilizados, mas os mais populares entre eles são a Netflix, Amazon Prime Video e HBO Go, que serão as concorrentes diretas com a Disney+ em questão de número de inscritos. A Netflix já conta com mais de 160 milhões de pessoas inscritas, a empresa vem se consolidando nesse mercado desde 2010. A Amazon Prime que surgiu com esse serviço em 2011, publicou que alcançou o número de 150 milhões de assinantes em fevereiro de 2020. A HBO Go não publicou seus números atuais, mas é uma das mais conhecidoas pelo mundo. Já a Disney Plus, publicou seus números também em fevereiro deste ano e em apenas 3 meses de mercado eles já alcançaram o número de 30 milhões de inscritos. A estimativa é de que esse número triplique em até 2 anos de streaming.

A denuncia feita pela Claro, dona do NOW, que é uma outra plataforma de streaming, também envolve a concorrência de conteúdos no Brasil, já que ela se justificou pela contestação dizendo que caso a empresa entre com seus conteúdos no país ela terá que lidar com uma disputa desleal, já que a Disney+ seria uma plataforma brasileira porém formada somente por conteúdos internacionais, enquanto o NOW também precisa incentivar e contribuir com o cinema nacional.

Streamings

Sobre os valores, nos Estados Unidos o valor mensal da Disney+ é de U$ 7,00 o que é mais barato do que a Netflix nos EUA. Ainda não foi confirmado o valor a ser cobrado aqui no Brasil mas o valor esperado é em torno de R$ 30,00 mensais.

Comentários
Posts Relacionados