Harry Potter: 24 curiosidades sobre a saga

Compartilhe

Já se sentiu velho hoje?  Se não, vamos te dar um bom motivo para isso: há 24 anos, no dia 26 de junho de 1997, a escritora britânica J.K. Rowling lançava Harry Potter e a Pedra Filosofal, primeiro livro da saga que viria a se tornar uma das mais famosas do mundo.

O sucesso estrondoso de Harry Potter rendeu a J.K. Rowling um número extenso de recordes e prêmios – sem contar o faturamento dos livros, que já venderam mais 450 milhões de cópias. Em comemoração aos 24 anos de uma das sagas mais amadas do século, nós trouxemos 24 curiosidades e teorias sobre o mundo bruxo de Harry Potter!

24. Hagrid: o único personagem com destino garantido

Calma, vamos explicar melhor! J. K. Rowling revelou, em uma de suas biografias, que escreveu um esboço do último capítulo da saga Harry Potter enquanto escrevia o primeiro. Ou seja: ela já sabia que Hagrid não poderia morrer, pois ele deveria carregar Harry em dois momentos-chave da saga: no começo, quando ainda era um bebê, até a casa dos tios, e desacordado na marcha de Voldemort e seus soldados até Hogwarts, após a batalha.

10 CURIOSIDADES SOBRE OS FILMES DE HARRY POTTER #HappyBirthdayHarryPotter – Portal Escrita Relativa
GIF: Reprodução

23. Escola pública e de qualidade!

Ao contrário do que muitos fãs pensam, Hogwarts era um colégio público. Rowling admitiu isso numa conferência em 2013, quando fãs a questionaram sobre os valores para estudar lá. Ela ainda disse que os gastos eram todos cobertos pelo Ministério da Magia.

Quer estudar em Hogwarts? - Revista Galileu | Estante Galileu
GIF: Reprodução

22. O motivo por trás da morte de Fred

Impossível não se emocionar com a morte de Fred, da icônica dupla dos gêmeos Weasley, não é? J. K. Rowling já até se desculpou pela morte do personagem – e até disse que se arrependeu. Apesar disso, a escritora sempre teve o motivo dessa execução tão triste na ponta da língua. “É uma batalha. Pessoas boas e pessoas ruins morrem. Tirar a vida de Fred foi uma das coisas mais dolorosas que já fiz, mas era preciso. Guerras deixam cicatrizes incuráveis, e nenhuma família consegue sair intacta – ainda mais a família Weasley, que era composta por mais de 10 pessoas.”

21. Existe EAD em Harry Potter!

Não estamos brincando: existem cursos à distância em Harry Potter. Só pudemos descobrir esse fato por conta de Argo Filch, o zelador de Hogwarts. Filch é um aborto, ou seja, nasceu sem habilidades mágicas mesmo com família bruxa. Por ser incapaz de fazer magia, ele recorre ao Feitiço Expresso, um curso à distância – que obviamente não funciona. Pobre Filch!

Argus filch | ⚡.HARRY POTTER.⚡ Amino
GIF: Reprodução

2o. Feitos uns para os outros

Antes de começar as filmagens de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, o terceiro livro e filme da saga, o diretor Alfonso pediu que os três atores principais – Daniel Radcliffe, Rupert Grint e Emma Watson – escrevessem um texto sobre seus personagens. De acordo com o Huffington Post, Emma entregou 16 páginas sobre Hermione Granger, Daniel escreveu apenas uma página sobre Harry e Rupert sequer entregou o seu texto sobre Rony Weasley. A semelhança entre as personalidades é chocante!

Harry Potter Foda: Gifs de HP
GIF: Reprodução

19. Os segredos de Snape

Severo Snape é um dos personagens que mais dividem os fãs de Harry Potter. Há quem acredite que ele era uma pessoa boa, e aqueles que o acham um homem desprezível. De qualquer forma, o fato de que ele estava, na verdade, ajudando Harry esse tempo todo foi uma revelação chocante para muitos, sem contar a sua relação com Lílian e Tiago Potter. Quando Alan Rickman faleceu em janeiro de 2016, J. K. Rowling contou que ele era a única pessoa que sabia o verdadeiro papel de Snape na saga – e Rickman guardou segredo até 2015, quando o filme Relíquias da Morte foi lançado. Isso que é valorizar o personagem!

18. As metades da laranja

O patrono de Hermione é uma lontra, enquanto o patrono de Rony é um cachorro, mais especificamente um Jack-Russel Terrier. O que tem de especial nisso? Simples: essa raça de doguinhos é famosa por caçar… lontras! Fofo, não?

Foto: Reprodução

17. Molly Weasley: gêmeos em dose dupla

Eu sei, a frase ficou confusa. A questão aqui é que Fred e George não foram os únicos gêmeos da vida de Molly Weasley. A matriarca mais amada do mundo bruxo teve dois irmãos gêmeos, Fabian e Gideon. Infelizmente, eles morreram durante a Primeira Guerra Bruxa – e foram homenageados com os nomes de seus sobrinhos também gêmeos, pelas iniciais de Fred e George.

16. A hipocrisia de Dolores Umbridge

Há quem odeie mais a senhorita Umbridge do que o próprio Voldemort. A personagem já foi elogiada até por Stephen King – ele mesmo, o mestre do terror! King disse que “Umbridge é a melhor vilã desde a criação de Hannibal Lecker.” O elogio fica mais interessante ainda quando descobrimos que Dolores Umbridge é, na verdade, uma bruxa mestiça. Sua mãe era trouxa (não-bruxa) e esse fato era de extrema vergonha para Dolores, tendo em vista que ela concordava com os preconceitos de Lord Voldemort, que acreditava que apenas os nascidos bruxos de famílias puras poderiam praticar magia.

Foto: Reprodução

15.  “Eu me arrependo amargamente pela morte de Lílian”

Teoria de fã na área! Essa conspiração não foi comprovada por J. K. Rowling, mas ganhou tanto destaque na comunidade de fãs de Harry Potter que não podemos deixá-la de fora. É o seguinte: já reparou nas primeiras palavras de Snape para Harry, em A Pedra Filosofal? “Potter! O que eu obteria se adicionasse raiz de asfódelo em pó a uma infusão de losna?” 

Bom, se você ficou confuso, imagine a gente… Para acabar com a curiosidade, um fã decidiu pesquisar quais seriam os efeitos desse experimento. O que ele encontrou, porém, mostrou que a bronca de Snape para Harry não tinha nada de comum: asfódelo é um tipo de lírio (em inglês, lily, o mesmo nome da mãe de Harry). De acordo com a Enciclopédia Vitoriana de Flores, o asfódelo significa arrependimento e culpa. Enquanto isso, a losna quer dizer “ausência” e simboliza tristeza e solidão. Combinando o significado das flores, a fala de Snape poderia ser uma metáfora para “Eu me arrependo amargamente da morte de Lílian.” De arrepiar, não?

Já sabemos o significado das primeiras palavras de Snape para Harry Potter

14. Os dementadores

Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, somos apresentados aos dementadores, criaturas malignas que se alimentam da força vital das pessoas. O que muitos fãs não sabem, porém, é que os dementadores são uma alegoria para a depressão. Após o falecimento de sua mãe, J. K. Rowling viveu períodos depressivos e se inspirou neles para criar os guardas de Azkaban, já que, assim como eles, a depressão suga toda a felicidade e vontade de viver de quem ela acomete.

13. A verdade por trás da Casa dos Gritos

Durante a saga Harry Potter, ouvimos várias vezes que a Casa dos Gritos é assombrada. O que os alunos não sabiam, porém, é que a casa foi construída por Dumbledore em meados de 1970. O motivo? Remus Lupin! Isso mesmo: Dumbledore já sabia que Lupin era um lobisomem e, para ajudá-lo a assistir as aulas sem machucar ninguém, o diretor construiu a Casa dos Gritos – e fez questão de espalhar os boatos sobre fantasmas, para que os alunos não corressem o perigo de serem machucados por Lupin. O nome “Casa dos Gritos” só surgiu devido aos gritos que Lupin dava ao se transformar em lobisomem. Um belo exemplo de inclusão, não é?

Pin on Quizzes
GIF: Reprodução

12. O Mapa do Maroto

O filme Prisioneiro de Azkaban é cheio de referências! Quando os gêmeos Weasley dão a Harry o mapa do Maroto, ouvimos que ele foi criado pelos “senhores Aluado, Almofadinhas, Rabicho e Pontas”. O que isso quer dizer? Quem são essas pessoas?

Esses nomes engraçados são nada mais, nada menos que apelidos da turma de amigos de Tiago Potter, pai de Harry. Pelas condições delicadas de Lupin (ou melhor, Aluado), os amigos decidiram se tornar – ilegalmente – animagos, que são bruxos que podem se transformar temporariamente em animais. Os amigos tomaram essa decisão para ficar junto ao amigo em momentos de crise e evitar que ele se machucasse.

Mischief By Moonlight -- HP by kalicothekat on DeviantArt
Aluado, Pontas, Rabicho e Almofadinhas (Créditos na arte)

Tiago era Pontas, pois se transformava em cervo – e lembrava das pontas dos chifres do animal. Sirius Black era Almofadinhas, alegoria para as patas fofinhas que tinha quando se transformava em cachorro. Por fim, Pedro Pettigrew era Rabicho, pois se transformava em um rato.

11. Pagando com a língua!

Não é segredo que Petúnia e Walter Dursley odiavam o fato de Harry ser um bruxo. O mais engraçado, porém, é que eles pagaram com a língua! Muitos anos após o fim da batalha de Hogwarts, a netinha dos Dursley nasceu. A filha de Duda parecia uma criança comum, até mostrar algumas habilidades um tanto quanto… peculiares. Por fim, a menina recebeu a carta de Hogwarts – e foi confirmado que ela era, sim, uma bruxinha!

GIF: Reprodução

10. Poliglota!

Alvo Dumbledore, além de ser um exímio bruxo, era poliglota! Além da língua dos bruxos e trouxas, ele era capaz de falar sereiano, a língua das sereias, e grugulês, a língua dos duendes.

9. Existem bruxos com religião?

Você já deve ter se perguntado se os bruxos poderiam ter religião. E sim: eles podem! Inclusive, J. K. Rowling falou sobre isso num tweet, no qual deu o exemplo de um bruxo judeu. Ela ainda explicou que imaginou um mundo bruxo bem diverso, mas que grande parte dele seria da religião Wicca.

8. Nunca faça cócegas em um dragão adormecido!

Já reparou no lema de Hogwarts? “Draco Dormiens Nunquam Titillandus”. Traduzida do latim, a frase significa “nunca faça cócegas em um dragão adormecido”. O lema passa a mensagem de que não se deve procurar problemas, mas pelo jeito nossos protagonistas não levaram muito a sério…

O Simbolismo Oculto nos Logos de Harry Potter | Logaster

7. Minerva McGonagall: muito mais que uma professora

Sabia que a professora Minerva foi campeã de quadribol? Os fãs descobriram esse fato em Pedra Filosofal, quando Harry vai até o memorial de campeões e vê o brasão de seu pai. Se você prestar bastante atenção, o brasão com o nome de Minerva está ali no cantinho direito. Demais!

Foto: Reprodução

6. Harry Potter e as varinhas quebradas

Daniel Radcliffe quebrou aproximadamente 80 varinhas durante as gravações de toda a saga. O motivo não tem nada a ver com cenas de ação: na verdade, ele gostava de usá-las como baquetas. Haja paciência para a produção!

5. Bicho-papão

J. K. Rowling revelou que o bicho-papão de Voldemort era ver o seu próprio cadáver. Isso faz muito sentido, já que o maior desejo do bruxo das trevas era se tonar imortal. Já o de Hermione era ver a professora Minerva desapontada por conta de uma nota baixa.

4. O nome de Sirius Black

Sirius Black ganhou este nome devido à estrela mais brilhante do céu noturno, que é Sirius, ou também conhecida por “A estrela do lobo” (The Dog Star).

Conheça a história de Sirius Black, o padrinho de Harry Potter | Blog Saraiva
Foto: Reprodução

3. O bom filho à casa torna

Um professor sempre é diretor da casa a qual pertenceu quando estudou em Hogwarts. Como exemplo, Snape é o professor diretor da casa Sonserina. Assim, é certo que foi um estudante da Sonserina quando jovem. Minerva pertenceu a casa da Grifinória, Sprout a Lufa-Lufa e Flitwick a Corvinal.

2. 1 em 60 MIL

Antes de Daniel Radcliffe ser escolhido para o papel de Harry, foram testadas nada mais, nada menos do que 60 mil crianças.

Foto: Reprodução

1. Harry Potter é riqueza, baby!

Os filmes de Harry Potter foram a franquia cinematográfica de maior lucro da história do cinema, deixando para trás séries consagradas como O Senhor dos Anéis, Star Wars, Indiana Jones e outras.

GIF: Reprodução

 

Ufa, 24 fatos que comprovam o que a gente já sabia: Harry Potter, gostando ou não, é uma das maiores sagas literárias e cinematográficas da atualidade. Conta pra gente: qual fato você mais gostou de conhecer?

 

Comentários
Posts Relacionados