Relembre os personagens LGBTQIA+ de sucesso

Compartilhe

Neste dia 28 de junho é celebrado o Dia do Orgulho LGBTQIA+. Para lembrar a data, resolvemos listar alguns personagens famosos de filmes, séries e até mesmo de desenhos que enfrentaram o preconceito e impulsionaram o debate sobre identidade de gênero e orientação sexual.

Você sabe o porquê junho é dedicado ao Orgulho LGBTQIA+? Fizemos uma matéria explicando.

Loki – Loki

Foto: Divulgação

Recentemente, no terceiro episódio da série “Loki”, no Disney+, o Deus da Trapaça revelou fazer parte da comunidade LGBTQIA+. A declaração veio em uma conversa com sua variante, Sylvie. A personagem de Sophia Di Martino pergunta se Loki (Tom Hiddleston) não teve em sua vida muitas candidatas a ocupar o posto de princesa ao seu lado. “Ou talvez um outro príncipe”, ela sugere. Em resposta, ele diz: “Um pouco de ambos. Suspeito que você também”.

Dumbledore – Harry Potter

Foto: Reprodução

Em uma entrevista, em 2007, a criadora da saga Harry Potter, J.K Rowling, afirmou que o diretor de Hogwarts, Alvo Dumbledore, era gay. Anos depois, a autora revelou que Dumbledore e Gellert Grindelwald, de Animais Fantásticos, mantinham um relacionamento. Os dois se davam bem, mas a rivalidade surgiu depois que Grindelwald começou a se interessar pela arte das trevas.

Rue Bennett – Euphoria

Foto: Reprodução

Em Euphoria, a personagem de Zendaya, Rue Bennett, forma um casal com Jules (Hunter Schafer). Mal podemos esperar pela segunda temporada da série para ver o desenrolar do romance entre as duas!

Santana Lopez, Blaine Anderson e Kurt Hummel – Glee

Foto: Reprodução

Na época do lançamento de Glee, a representatividade LGBTQIA+ ainda era um tabu nas séries mainstream. Mesmo assim, Naya Rivera abraçou sua personagem, Santana Lopez, e fez com que muitas meninas lésbicas passassem a se sentir parte de uma comunidade. Na história, Santana era uma jovem homossexual em processo de autodescoberta, após se apaixonar por Brittany, sua melhor amiga. Enquanto isso, Kurt (Chris Colfer) e Blaine (Darren Criss) formavam um casal que se tornou a espinha dorsal da série.

Princesa Jujuba – Hora de Aventura

Foto: Reprodução/Cartoon Network

Em Hora de Aventura, as personagens Princesa Jujuba e Marceline protagonizaram um beijo lésbico. Um grande passo para os desenhos “infantis”, hein? O episódio final da animação confirmou o relacionamento amoroso entre as personagens.

Cameron e Mitchell – Modern Family

Foto: Reprodução

Cameron (Eric Stonestreet) e Mitchell (Jesse Tyler Ferguson) formam um dos mais amados e hilários casais de Modern Family.

Annalise Keating – How To Get Away With Murder

Foto: Reprodução

Annalise Keating (Viola Davis) começa a série casada com um homem, mas, ao longo das temporadas, as relações amorosas da personagem são exploradas e trazem à tona relacionamentos que ela manteve com outras mulheres. Em 2017, Pete Nowalk, escritor de How To Get Away With Murder, revelou em um painel do TCA que a protagonista do enredo é pansexual. Posteriormente, Viola também destacou em uma entrevista o importante papel social da sua personagem.

Ray Holt e Rosa Diaz – Brooklyn Nine-Nine

Foto: Reprodução

Brooklyn Nine-Nine tem não só um, mas dois personagens que trazem a representatividade LGBTQIA+. Rosa Diaz se revela bissexual no episódio intitulado 99, marcando o 99º episódio da série. Já o capitão Holt é abertamente gay e é casado com Kevin Cozner.

Sophia Burset – Orange Is the New Black

Foto: Reprodução

Sophia não é a única representatividade LGBTQIA+ em Orange Is the New Black. Mas, vale destacar a visibilidade trans que a personagem trouxe, com Sophia Cox recebendo uma indicação ao Emmy.

Renly Baratheon e Ser Loras Tyrell – Game of Thrones

Foto: Reprodução

Em Game of Thrones, fica claro que Renly Baratheon e Ser Loras Tyrell eram um casal e todos sabiam disso. O amor entre eles estava condenado desde o início, mas os dois formavam um dos poucos relacionamentos na série que não eram apenas sobre o avanço do poder e lealdade.

E aí? Qual personagem você ainda não sabia que fazia parte da comunidade LGBTQIA+? Qual deles é seu favorito? Conta pra gente pelos comentários?

Comentários
Posts Relacionados