Sereias: São Mito ou Verdade ?

Compartilhe

Com certeza você já ouviu falar ou já assistiu pelo menos um filme que envolve as sereias mas será que elas só existem na ficção mesmo? Vamos conhecer um pouco da história dessa criatura:

Mitologia grega 

Mitologia GregaEssa é a história mais comum de se ouvir e a versão mais “romantizada” de todas. Segundo a mitologia grega elas são o resultado da união de Aqueloo, o deus dos rios com a musa Melpômene ou de Terpsícore, por isso são tão belas. Nessa história elas são criaturas metade peixe, metade mulher que atraem os homens para o mar fazendo com que eles naufragassem ou se afogassem, porém existem relatos na mitologia grega de sereias que chegaram a se apaixonar por homens ou até ajudá-los a desbravar o oceaNo como é o caso da história da Odisséia.

Folclore Brasileiro

No Brasil nós temos como referência a lenda de Iara, uma jovem índia que além de muito bonita, guerreava melhor do que seus dois irmãos. A história começa quando seus irmãos, cheios de inveja bolaram um plano para matá-la e em uma determinada noite resolveram fazê-lo porém, a jovem guerreira conseguiu se defender e escapou da armadilha matando os dois. Depois disso Iara fugiu por medo, mas quando foi pega pelo seu pai, o pajé da tribo, ele a jogou em um rio como punição, porém a garota foi salva pelos peixes que ficaram com dó e a transformaram em sereia. Assim como nas outras mitologias, Iara atrai os homens que estão próximos ao rio com seu canto e beleza para matá-los como forma de vingança, além disso é conhecida por ficar sentada nas pedras admirando seu reflexo na água e penteando seus cabelos antes de atrair os homens. 

Mitologia japonesa

NyngioNo folclore japonês as criaturas que representam as famosas “sereias” são chamadas de Ningyo, que ao contrário das outras histórias são criaturas horripilantes com a maior parte do corpo de peixe e aparência demoníaca, que além de chifres, tem suas cabeças descritas como deformadas e possuem dentes bem afiados e grandes. Elas também tem a característica do canto atraente mas essa é a única parte doce delas, já que são conhecidas por trazer infortúnio e maldições quando são vistas ou capturadas. Existem histórias que dizem a carne de uma Ningyo pode dar vida eterna para quem a consome e que suas lágrimas viram pérolas que, se consumidas, fornecem juventude para sempre.

Mitologia Eslava

Elas também são vistas como sereias porém são bem mais malignas do que em todas as outras culturas. Segunda a mitologia eslava as chamadas “Rusalkas” estão ligadas a espíritos malignos de mulheres que morreram afogadas (assassinadas, suicidas, vítimas de pais ou maridos violentos) e que voltavam para a terra para atrair os homens e puni-los como forma de vingança. Para poder atrair suas vítimas essas criaturas usavam de danças e cantos e eram muito bonitas, inclusive eram capazes de adequar a sua aparência para enganar cada homem segundo suas preferências. O mais perturbador da história toda é que dizem que elas afogam esses homens com um sorriso maléfico e satisfatório enquanto os veem morrendo.

Mistério

Depois de conhecer as várias versões das histórias de sereias, vamos aos indícios de sua existência. Existem muitas evidências de que a sereias são animais reais e vivem em nosso meio, uma delas é essa “descoberta” feita em março deste ano por um usuário do youtube que publicou um vídeo onde ele mostra que encontrou o que provavelmente seria uma “sereia congelada” na Antártica por meio do aplicativo Google Earth.

No vídeo, ele elimina as possibilidades de ser apenas uma formação geológica ou até mesmo um golfinho porque ao dar zoom da imagem é possível perceber claramente uma separação entre a cabeça e o resto do corpo. Ele também conta que o corpo pode ter aparecido só agora por conta do degelo pelo qual a região tem passado, porém além de que a forma realmente se parece com o que nós conhecemos das sereias, inclusive a calda, o mais curioso é que muitos relatos de sereias vistas já aconteceram por todas as partes do mundo e as características descritas coincidem.

Imagem do Google Earth

Essas são as coordenadas para encontrar a suposta sereia no Google Earth: 76°52’51.9″S 145°42’04.3″W

Um dos mais antigos e mais relevantes são os casos de aparições na ilhas Kei, um arquipélago da Indonésia, onde muitos soldados que foram enviados para lá durante a segunda Guerra Mundial relataram ter vistos sereias com barbatanas até na cabeça e dentes e unhas afiados. Foram vários relatos na equipe de soldados que não trabalhavam juntos e nem sequer eram do mesmo país. Logo depois surgiu uma suposta imagem de sereia que foi tirada justamente nas ilhas Kei e que condiz com as descrições dos soldados.

No Zimbábue, África, o caso se repetiu mas dessas com um grupo de trabalhadores da região. Eles estavam fazendo reformas em dois reservatórios de água por lá e, segundo eles, estavam sendo “assediados” por diversas sereias no local, não se sabe o que elas falavam ou faziam com eles mas esses homens foram embora e se recusaram a voltar a trabalhar lá. A empresa responsável pela construção chegou a contratar outros homens mas eles também se recusaram a voltar depois de terem visto essas criaturas.

Mais do que só relatos, em 2004 foi encontrado um cadáver bizarro que foi considerado pelo povo como uma sereia, apesar de não se parecer com a imagem de mulher sedutora que nós conhecemos já o corpo tinha as mãos bem longas e afiadas, calda de peixe, barbatanas nas costas e um cabelo branco bem estranho.Cadaver encontrado

Ainda não foi comprovado que esse cadáver não é de uma sereia e nem se sabe que outra criatura poderia ser

A questão é que muitos registros e estudos sobre essas criaturas vem sendo apagados dos históricos mundiais sem nenhuma explicação, como foi o caso do pescador americano que fez um documentario completo sobre sereias mas o seu conteúdo foi tomado pela NASA e hoje já não se encontra mais nada relacionado a isso. E outro fator importante é que mais de 80% do nosso oceano ainda não foi mapeado ou explorado por cientistas, ninguém sabe o que pode ou não ter por lá, não é mesmo?

Por via das dúvidas, é melhor tomar cuidado ao ficar perto demais do mar.

Confira mais histórias em: https://superfatos.com.br/category/lendas-e-misterios/

Comentários
Posts Relacionados