Sumiço de Annabelle foi real ou FAKE?

Compartilhe

Nesta sexta feira,14 de agosto, o assunto foi um só: O sumiço de Annabelle, a boneca dominada por um demônio que inspirou todos os filmes  “Annabelle” e “Invocação do Mal”. Segundo a história que bombou no twitter, a boneca teria simplesmente desaparecido de dentro da caixa de vidro e do famoso porão dos Warren, onde é mantida desde 1960.

Por conta disso Annabelle entrou para os Trending Topics e foi citada por pelo menos 175 mil vezes no twitter entre a madrugada de quinta para sexta feira e todos ficaram apavorados com a sua fuga.

Porém, toda essa história de desaparecimento é FAKE. Ainda não se sabe exatamente como esses boatos surgiram e acabaram viralizando em questão de horas, mas acredita-se que tenha a ver com o vídeo que a Warner, produtora e distribuidora dos filmes de Annabelle, lançou no dia 03 de março como uma forma de “comemorar” o dia das bonecas.

No vídeo, eles brincam sobre como estaria sendo a quarentena da boneca mais macabra do mundo e no final do dia 141 de isolamento ela vai embora dos estudios da Warner.

Essa brincadeira foi capaz de enganar milhões de internautas que já não sabiam mais o que esperar do ano de 2020, mas calma, a boneca continua presa e esperamos que continue assim, mas como tudo que acontece no Brasil, isso também foi motivo para muitos memes:

Annabelle

Caso você ainda não conheça a história da Annabelle e não estava entendendo o porque de tudo isso por conta de uma boneca, vamos lá.

Annabelle

Segundo a história dos maiores investigadores de fenômenos paranormais do mundo, a boneca que na vida real é de pano, pertencia a uma jovem enfermeira que começou a estranhar quando percebeu que a boneca mudava de posição e de lugares na casa sozinha. Com o passar do tempo, a boneca já fazia mais do que só se mexer, a jovem contou que a boneca já havia machucado pessoas e seus comportamentos eram cada vez mais estranhos, foi quando ela pediu ajuda à igreja, que indicou o casal Lorraine e Ed Warren, que ao saberem de tudo, concluíram que a boneca estava tomada por um demônio que desejava a morte da sua dona e colega de quarto. Eles então decidiram levá-la para o “Porão dos Warren” e mantê-la presa lá, porém, foi preciso criar uma caixa para ela, já que Annabelle podia se mover e aparecer em qualquer canto da casa.

Antes de levar a tal boneca, Ed e Lorraine chamaram um padre para realizar um exorcismo na boneca e ainda assim, dentro do carro e no caminho para o porão, o demônio se manifestou várias vezes fazendo o carro falhar em curvas e etc, até que Ed resolveu banhar Annabelle em água benta até que chegasse em casa. Só assim eles conseguiram finalizar a viagem sem mais perigos.

Antes do casal, a menina consultou uma médium que disse que sua boneca estava possuída pelo espírito de uma garotinha morta chamada Annabelle que queria apenas ficar com ela pois se sentia confortável ali. 

Annabelle já foi responsável pela morte de duas pessoas, até onde nó sabemos.

Principais casos – Warren

O casal, Edward e Lorraine Warren, ficou conhecido por terem sido grandes solucionadores de problemas paranormais na Nova Inglaterra por volta de 1952 e de terem participado de mais ou menos 10.000 casos. Porém, por toda a sua carreira paranormal eles passaram por alguns casos “maiores” que outros e os mais conhecidos são:

Caso Annabelle, O Massacre em Amityville, A Família Perron, Poltergeist de Enfield e o caso de um Lobisomem no ano de 1991. Todos esses são inspiração e/ou foram retratados na saga de filmes “Invocação do mal” 1, 2 e 3 e “Annabelle” 1, 2 e 3.

Sempre que resolviam um caso, eles queriam lembrar o quanto o mundo pode ter coisas ruins, então construíram um porão na própria casa para onde eles levavam os objetos envolvidos em seus casos bizarros, tanto para se lembrarem do que já fizeram, quanto para proteger as pessoas deles, já que muitos dos objetos presentes lá são amaldiçoados, demoníacos e malditos.

Porão Oculto dos Warren

Nesse porão eles “colecionavam” artigos de quase todos os casos investigados e dentre esses artigos é possível encontrar, além da boneca de pano Raggedy Ann, chamada de Annabelle, máscaras e adereços amaldiçoados, e inclusive, um caixão lacrado que, segundo o casal, seria de uma criança vampiro que foi assassinada por seus próprios pais quando entenderam o que ela era. Esse caixão era usado como um tipo de “santuário” para uma seita satânica dos Estados Unidos.  tratar de artigos tão perigosos, o casal tinha o costume de chamar um padre pelo menos uma vez por semana para benzer e exorcizar o ambiente.

Atualmente o local é um museu que, diferente dos comuns, só ficava aberto quando Lorraine ou Ed estivessem lá para “vigiar” e até o ano passado, quando Lorraine faleceu, era aberto ao público duas vezes por ano para que ela realizasse a Warrentology, que era, em suma, um tour pelo museu explicando cada um dos seus principais casos e respectivos artigos. Porém, para entrar nessa exposição, era preciso fazer uma doação sem valor estipulado para ajudar nas despesas de manutenção do porão e os seus visitantes só podiam entrar lá depois das 21 horas, que por algum motivo é chamada de “hora mágica”.

Annabelle no porao

Visto que Ed já morreu há anos e Lorraine faleceu no meio do ano passado, ainda não se sabe o que será feito com o museu obscuro já que era propriedade privada do casal e fica dentro da casa deles. 

Contudo, o casal tem filhos que devem cuidar dessa propriedade, porém sobre o porão e os artigos que ele contém, já existem rumores de que a família está buscando um outro local para deixá-los e manter aberto ao público.

Comentários
Posts Relacionados