Teoria da Conspiração: a data limite de Chico Xavier

Compartilhe

Será que a humanidade como conhecemos tem uma data de validade?

De acordo com uma profecia de Chico Xavier, o mais famoso médium brasileiro, os seres humanos tinham até o dia 20 de julho de 2019 para desenvolver sua evolução. A data, que marca os 50 anos da chegada do homem à Lua, representava o fim de uma era – e muitos acreditam na sua veracidade, devido aos eventos que a sucederam.

A origem da data limite

Quando a médica e espírita Marlene Nobre publicou uma entrevista um tanto quanto curiosa no jornal A Folha Espírita, em maio de 2011. O entrevistado era Geraldo Lemos, que afirmava ter ouvido, em 1986, a previsão da data limite em um encontro com Xavier.

Lemos revela a suposta profecia na entrevista.

“Nosso Senhor deliberou con­ceder uma mo­ra­tória de 50 anos à so­ci­e­dade ter­rena, a ini­ciar-se em 20 de julho de 1969 (data em que o homem pisou na Lua), e, por­tanto, a findar-se em julho de 2019.

Or­denou Jesus, então, que seus emis­sá­rios ce­lestes se em­pe­nhassem mais di­re­ta­mente na ma­nu­tenção da paz entre os povos e as na­ções ter­res­tres, com a fi­na­li­dade de co­la­borar para que nós in­gres­sás­semos mais ra­pi­da­mente na co­mu­ni­dade pla­ne­tária do Sis­tema Solar, como um mundo mais re­ge­ne­rado, ao final desse pe­ríodo. Al­gumas po­tên­cias an­gé­licas de ou­tros orbes de nosso Sis­tema Solar re­ce­aram a di­lação do prazo extra, e foi então que Jesus, em sua sa­be­doria, re­solveu es­ta­be­lecer uma con­dição para os ho­mens e as na­ções da van­guarda ter­restre.

Se­gundo a im­po­sição do Cristo, as na­ções mais de­sen­vol­vidas e res­pon­sá­veis da Terra de­ve­riam aprender a se su­por­tarem umas às ou­tras, res­pei­tando as di­fe­renças entre si, abs­tendo-se de se lan­çarem a uma guerra de ex­ter­mínio nu­clear. A face da Terra de­veria evitar a todo custo a cha­mada III Guerra Mun­dial.

Se­gundo a de­li­be­ração do Cristo, se, e so­mente se as na­ções ter­renas, du­rante este pe­ríodo de 50 anos, apren­dessem a arte do bom con­vívio e da fra­ter­ni­dade, evi­tando uma guerra de des­truição nu­clear, o mundo ter­restre es­taria enfim ad­mi­tido na co­mu­ni­dade pla­ne­tária do Sis­tema Solar como um mundo em re­ge­ne­ração. Ne­nhum de nós pode prever, Ge­ral­dinho, os avanços que se darão a partir dessa data de julho de 2019, se apenas sou­bermos de­fender a paz entre nossas na­ções mais de­sen­vol­vidas e cultas!”

Em suma, as potências angélicas deram um prazo de 50 anos a humanidade, contando a partir do dia 20 de julho de 1969, para melhorar seu comportamento e evitar que os humanos se destruíssem em uma terceira guerra mundial. Dessa forma, seríamos admitidos na comunidade planetária do Sistema Solar como um mundo em regeneração.

Chico Xavier, um dos médiuns mais famosos do Brasil e do mundo

Na previsão, Chico Xavier ainda revela o que aconteceria caso a terceira guerra acontecesse:

“O homem co­me­çaria a Terceira Guerra, mas quem iria ter­miná-la se­riam as forças te­lú­ricas da na­tu­reza, da pró­pria Terra can­sada dos des­mandos hu­manos, e se­ríamos de­fron­tados então com ter­re­motos gi­gan­tescos; ma­re­motos e ondas (tsu­namis) con­se­quentes; ve­ríamos a ex­plosão de vul­cões há muito ex­tintos; en­fren­ta­ríamos de­gelos ar­ra­sa­dores que avas­sa­la­riam os polos do globo com trá­gicos re­sul­tados para as zonas cos­teiras, de­vido à ele­vação dos mares; e, neste caso, as cinzas vul­câ­nicas as­so­ci­adas às ir­ra­di­a­ções nu­cle­ares ne­fastas aca­ba­riam por tornar to­tal­mente ina­bi­tável todo o He­mis­fério Norte de nosso globo ter­restre.”

O contexto da previsão de Chico Xavier

Antes de apresentar os eventos que aconteceram após a suposta data limite, é importante contar o momento que Chico Xavier vivia na época que fez a previsão.

O mundo ainda estava se recuperando da Guerra Fria e ainda se amedrontava com uma possível ameaça nuclear. Além disso, a humanidade se encantava com a tendência futurista – e estava cada vez mais aberta para teorias da conspiração.  No Brasil, os habitantes se recuperavam do violento período da Ditadura Militar e viviam a abertura política.

Em entrevista à Veja, o administrador de empresas e escritor espírita Alexandre Caldini disse que não tem certeza da veracidade do diálogo entre Lemos e Xavier. “O Chico nunca falou de uma data limite, usaram uma conversa dele, não documentada, para criar essa teoria. O espiritismo não acredita em Deus vingativo”.

O termo “data limite” passou a ser nacionalmente conhecido em 2014, após o lançamento do documentário Data Limite Segundo Chico Xavier. A obra se baseia no relato de Lemos e soma mais de 8 milhões de visualizações no YouTube.

Teoria: a data limite realmente existiu?

Bom, que o dia 20 de julho de 2019 aconteceu é verdade incontestável. Porém, é preciso lembrar que a data não marca um evento único para o “fim do mundo”, como muitos acreditam. A teoria não se baseia em algo catastrófico, mas sim em uma condição para que a humanidade não se destrua: ela deve evoluir e se desenvolver – socialmente e cientificamente – e evitar uma guerra nuclear até a suposta “data limite”.

Apesar de não ter nenhuma prova científica, a teoria continua forte entre os brasileiros. Muitos apontam que o mundo – e principalmente o Brasil – passou por momentos extremamente traumáticos no ano de 2019.

Os eventos mais citados, por exemplo, são brasileiros. A tragédia de Brumadinho, em janeiro de 2019, seguida do terrível incêndio no CT do Flamengo, que tirou a vida de 10 adolescentes no dia 8 de fevereiro, por fim, a morte do jornalista Ricardo Boechat três dias depois, acendeu um alerta entre os que acreditavam na teoria da data limite.

O jornalista Ricardo Boechat morreu em um acidente de helicóptero no dia 11 de fevereiro de 2019

Em dezembro de 2019, surge o primeiro caso de Covid-19 na China. No primeiro trimestre de 2020, o vírus acomete todo o mundo e, até hoje, segue tirando a vida de brasileiros. A pandemia também é considerada, para muitos que creem na data limite, um sinal de sua veracidade.

 

E aí, já tinha ouvido falar da data limite de Chico Xavier? Você acredita nessa teoria? Deixe nos comentários!

 

Comentários
Posts Relacionados