Veja a polêmica aparição dos mortos do Edifício Joelma em filme brasileiro

Compartilhe

No dia primeiro de fevereiro, o Brasil ligava a televisão e se deparava com o plantão de todos os canais mostrando um dos maiores incêndios em edifícios do nosso país. Com vários funcionários trabalhando dentro do local, o conhecido Edifício Joelma começou a pegar fogo em diversos andares, resultando em cerca de 191 mortos e 300 feridos.

O momento parou o Brasil principalmente por toda a cobertura ao vivo das emissoras, que mostravam as pessoas saltando do edifício para não morrerem queimadas, enquanto outras simplesmente desmaiaram no local e morreram, sem sequer ter tempo de reação.

Após o mundo inteiro se comover com o caso, resolveram gravar um filme sobre o corrido e reencenaram tudo o que aconteceu no interior do edifício no longa “Joelma 23º Andar”, que conta a história da jovem Lucimar, uma das 191 vítimas fatais do incêndio. O filme foi realizado com todo o cuidado pelos produtores, justamente por não ter sido apenas baseado em seu roteiro, mas também em uma mensagem psicografada pelo maior médium de todos os tempos, o brasileiro Francisco Cândido Xavier, popularmente conhecido como Chico Xavier, e publicada no livro best-seller “Somos Seis”. A obra mostra como Lucimar foi recebida no plano espiritual por seus parentes, que já tinham partido para o outro lado da vida.

O filme teve uma boa aceitação do público, mas acabou se tornando polêmico por conta de uma cena específica.

Enquanto as atrizes do longa encenavam o momento em que algumas mulheres ficaram rodeadas pelo fogo, o diretor encontrou alguns rostos na parede…

Confira as fotos que acabaram gerando discussão em todo o mundo: 

Os atores que acompanharam o momento acreditam que a aparição é do rosto de alguma pessoa que morreu no Edifício Joelma.

Afinal, o Edifício ainda existe?

Tudo o que sobrou do primeiro Edifício Joelma foi totalmente destruído e, em seu lugar, se ergueu o nome de “Novo Joelma”. As locações comerciais sempre foram fracas, principalmente por todas as lendas que existem afirmando que os espíritos do incêndio aparecem durante a noite.

Em 2000, rebatizaram o edifício para Edifício Praça da Bandeira. No local, é proibido realizar qualquer tipo de filmagem, já que alguns funcionários afirmam ouvir gritos de pessoas dizendo que estão queimando…

Parece que não é só a Peppa Pig que tem teorias aterrorizantes, não é mesmo!?

O que você achou? Não esqueça de deixar a sua opinião nos comentários!

Comentários
Posts Relacionados